Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.
Caldas Design Week: Late Night

Ao tomar como ponto de partida a designação do conhecido evento “Caldas Late Night”, o qual acontece em simultâneo com o Caldas Design Week, o Arquivo 237 propôs abordar a ideia de “Late Night” através das suas áreas de foco: Arquitectura, Design e Tecnologia. Deste modo e tendo como paisagem sonora “Strangers in the Night” de Frank Sinatra, procuraram-se práticas que exploram as sensações dos corpos que se movimentam pela noite em busca de uma qualquer liberdade. Práticas estas que se revelam em experiências olfativas, sonoras, visuais, degustativas e tacteis.

Noemi

André Duarte

Noemi tem como base a teoria de Proust que nos apresenta a forte relação entre olfacto e memória. Partindo daqui surgiu o interesse de possibilitar uma outra forma de registo para além da visual e auditiva que se estabelecem a partir da fotografia, video e som respetivamente. Numa busca pela síntese de tipologias existentes como o alambique, o destilador é o meio para a recolha de óleos essenciais, fragmentos de um espaço no tempo. A base de uma memória que assim se torna eterna.

André Duarte estudou Ciências e Tecnologias no secundário e mais tarde Design de Equipamento na Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Ao longo da faculdade foi expandindo as visões e as possibilidades de intervenção enquanto designer, tendo estabelecido com bastante certeza que independentemente do desafio projetual, a busca deverá ser sempre pela melhor via de comunicação entre o objecto/espaço e o utilizador.

Strrrranger

Catarina Lee e João Freire

Strrrranger é uma instalação interactiva em que a música “Strangers in the Night”, de Frank Sinatra, é usada como base para a criação de um ambiente audio-visual que é manipulado pelo espectador. Ao controlar diversos parâmetros sonoros dos instrumentos (volume, velocidade, pan), o espectador é convidado a desconstruir a música, e assim construir novos ambientes sonoros. Os ficheiros MIDI de cada instrumento são analisados e usados simultaneamente para gerar formas abstractas e um jogo de cores que propõem uma expressão visual e uma leitura imediata do som criado.

Catarina Lee é licenciada em Design de Comunicação e mestre em Design de Comunicação e Novos Media (FBAUL). Em 2015 frequentou a School for Poetic Computation (NY). O seu trabalho de investigação incide na exploração de sistemas audiovisuais que se baseiam em dados e que usam software como meio criativo, com um interesse particular sobre o tema da transmutabilidade dos dados digitais.

João Freire é engenheiro mecânico renegado, assaltado por loucuras e devaneios que transformam o seu dia-a-dia numa diversão. Usa o actual e o antigo, numa constante renovação, remisturando e simplificando. Com passagens por empresas de software e de robótica combina o físico com o virtual, o electrónico com o visual.

Simulate-Reverse Play

Susana Sanches

Simulate-Reverse Play é uma instalação interactiva que explora um tipo de play (jogo/actividade lúdica) que emerge do processo de simulação e reversão de procedimentos por máquina e humano. Explora duas dimensões co-dependentes (virtual e real) que comunicam entre si num loop contínuo de simulação computacional de procedimentos e sua subsequente reversão para o espaço físico através da mediação humana. Expondo a dualidade entre a performatividade da máquina e do humano, propõe uma exploração do potencial criativo e generativo do código de software dentro e fora do computador.

Susana Sanches é licenciada em Arte Multimedia e mestre em Design de Comunicação e Novos Media pela FBAUL. A sua investigação incide sobre temas relacionados com comunicação e computação, abordando as possibilidades criativas e qualidades estéticas dos sistemas generativos e interactivos, com particular interesse em práticas performativas.

Actores/ Promotores

  • SILOS Contentor Criativo
  • VICARA
  • Arquivo 237
  • Município de Caldas da Rainha
  • Esad Caldas da Rainha

+INFO

Evento